ABUP ABRE O CALENDÁRIO DAS FEIRAS PÓS PANDEMIA
09/11/2020

VOLTAR

A ABUP é a pioneira no retorno das feiras no segmento Casa


A vida dentro de casa em isolamento antecipou novos hábitos e outros ganharam escala em diversas áreas. O lazer gira em torno da casa, as pessoas têm mais prazer e necessidade em se dedicar à cozinha, cuidar da decoração, cuidar das plantas, assistir filmes e séries, distrair os filhos e acompanhar suas aulas. A convivência com a família se intensificou e novas formas de relacionamento e convívio surgiram. As pessoas avaliam melhor o seu tempo, dão mais atenção aos ambientes que são evidenciados pela falta ou excesso de elementos necessários.

Um mercado que viu seus resultados crescerem imediatamente após o início do isolamento foi o mercado de organização. O consumidor definitivamente incorporou hábitos para tornar a casa mais arrumada e impecavelmente limpa, e investiu nisso. Algumas medidas de assepsia serão relaxadas ao final da pandemia, mas boa parte dos procedimentos acabarão incorporados, gerando novas demandas de consumo.

Outro fator determinante para o foco nos cuidados da casa é a falta de expectativa para viagens internacionais. O fechamento de fronteiras afeta os brasileiros para viagens ao exterior. Segundo estudos realizados, 61% dos viajantes pretendem desbravar roteiros dentro do país antes de se arriscar no exterior.  Isso acaba fazendo com que as pessoas invistam menos em viagens e consequentemente tenham mais dinheiro para reformas e melhorias nos seus espaços. A indústria têxtil e de UD sentem esse movimento.

Em virtude desse “novo” relacionamento das pessoas com as suas casas, há um entusiasmo do setor com a volta das feiras de negócios.  O crescimento do E-commerce no segmento de Casa & Móveis foi de 85,39%. O ambiente doméstico tem e terá por muito tempo a relevância que os ambientes corporativos tiveram até então.

 

A ABUP é a pioneira no retorno das feiras no segmento Casa

De acordo com os organizadores da 41ª Home & Gift e Têxtil & Home, o setor está preparado para abastecer os lojistas para o Natal e tiveram tempo para se adequar aos novos hábitos. “As empresas estão investindo fortemente em produtos que devolvam ao consumidor o conforto e a segurança que transformam suas casas em locais de acolhimento e proteção”, informou a feira através de sua assessoria de imprensa.

*Com informações de @abup_oficial