Sem muros, transparência total

VOLTAR

Inspirado na arquitetura de Miami, na Flórida (USA), casal desafiou o arquiteto Ivo Indiano a projetar uma casa diferente


Inspirado na arquitetura de Miami, na Flórida (USA), um casal desafiou o arquiteto Ivo Indiano a projetar uma casa espaçosa e sem muros frontais. “A proposta era transparência total”, afirma o arquiteto. Os detalhes do projeto foram amplamente discutidos e desenvolvidos aos poucos, sem correria, durante meses.  A residência luminosa, clara e envidraçada, contou com paisagismo tropical como contraste com as paredes brancas. 
No terreno onde o condomínio exigia recuos obrigatórios, a garagem precisou ser integrada totalmente na volumetria da casa para isso dar certo.
Em destaque, o mezanino é uma sala da família, que integra as três suítes e o jardim superior sobre a laje sinuosa. “Estruturas” de parapeito e escada podiam atrapalhar, então a opção foi o vidro laminado de 10mm, que é muito charmoso, mas também seguro. Do local, a vista sem obstáculos deixa ver o pôr do sol.
O lustre escolhido pelo casal é um “diálogo” com as curvas sinuosas internas e externas da residência.
A área de lazer exigiu mais atenção. É totalmente integrada com a sala, com a garagem (que pode ser usada como extensão do lazer) e com a cozinha. “Acho que o grande charme da área social é as grandes aberturas de vidro, que permitem que todos os ambientes sejam visíveis de onde se estiver”, explica o profissional.
Segundo Ivo Indiano, o terreno de dimensões reduzidas não permitia explorar o espaço descoberto da área externa. “A saída foi criar uma grande marquise sinuosa que integra a região da churrasqueira e o solarium com uma pequena piscina em formato de spa, integrada numa sauna submersa”, disse.
O espaço é descontraído para se reunir com amigos, aproveitar a chopeira de mesa, churrasqueira e adega de vinhos. A parede especial para a TV não fazia parte do projeto original e foi incluída nos detalhamentos finais. “Sua elaboração foi especialmente discutida com o marido, mas a esposa e a filhinha também participaram de todos os detalhes”, lembra Indiano.
O arquiteto comemora a execução do projeto e o relacionamento com os proprietários. “O processo de construção é bastante desgastante para todos, então, é um alívio quando eu entrego a obra pronta e o relacionamento com os proprietários foi preservado. Acompanhado pelos dois durante a seção de fotos, demos boas risadas de todos os percalços do processo. Hoje vejo no brilho dos olhos deles que aquele projeto de casa se transformou em lar.”
 
 
GALERIA DE FOTOS